Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 12 98884 5913
No comando: Jambeiro FM a caminho do Sol

Das 00:00 às 04:00

No comando: Alvorada Sertaneja

Das 04:00 às 07:00

No comando: Sertanejo Classe A

Das 07:00 às 10:00

No comando: Café com a Psicóloga

Das 08:30 às 09:00

No comando: Musica e Informação com Alex Silva

Das 09:00 às 10:00

No comando: Revista Semanal

Das 10:00 às 12:00

No comando: Alex Silva com Música e Informação

Das 10:00 às 12:00

No comando: Almoçando com o Rei

Das 12:00 às 13:00

No comando: Tarde Musical Jambeiro FM

Das 13:00 às 16:00

No comando: Programa Sitio do Seu Dito

Das 16:00 às 18:00

No comando: Jambeiro a Noite

Das 21:00 às 00:00

No comando: JAMBEIRO FM DANCE CLUB

Das 22:00 às 00:00

Menu

LOTAÇÃO TOTAL, E AGLOMERAÇÃO. ESTE FOI O FERIADO EM CAMPOS DO JORDÃO.

Campos do Jordão registrou aglomeração no bairro Capivari no primeiro dia do feriado prolongado de Corpus Christi. Apesar do anúncio da prefeitura de Campos do Jordão de uma força-tarefa para coibir a aglomeração,  imagens desta quinta-feira (3) feitas pela nossa reportagem, mostram as ruas lotadas com pessoas sem máscara e sem nenhum distanciamento entre as pessoas.

O feriado é um dos mais movimentados na cidade e abre a temporada de inverno. De acordo com a associação de hotéis e pousadas (Sinhores), a taxa de ocupação na rede hoteleira é de 95% até esta sexta-feira (4) e são esperadas cerca de 60 mil pessoas na cidade nos quatro dias do feriado.

Para conter as aglomerações, a prefeitura havia anunciado a organização de uma força-tarefa com a PM envolvendo cerca de 150 agentes. Apesar disso, no primeiro dia da ação a cidade registrou aglomeração por todo o Capivari.

Imagens registradas pela reportagem da Jambeiro FM, mostram o fluxo intenso de pessoas sem nenhum distanciamento entre elas. “Quase ninguém usava máscaras são irresponsáveis” diz uma moradora da cidade. Aglomerações são proibidas durante a quarentena em todo Estado por força de lei estadual.

Capivari lotado em Campos do Jordão — Foto: Arquivo Pessoal

FOTO: QUASE NINGUÉM USAVA MÁSCARA, SÃO IRRESPONSÁVEIS, DIZ UMA MORADORA DA CIDADE.

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sinhores) defendeu que os estabelecimentos cumpriram os protocolos sanitários e que os flagrantes precisam ser alvo de ações do poder público.

“Nesse momento estamos recuperando a queda do ano passado. Os empresários veem esse movimento com bons olhos. A dosagem de pessoas precisa ser vista pelo poder público, organizar o fluxo de turismo”, disse Paulo Costa, presidente da entidade.

Para Costa, uma alternativa seria ampliar o horário de atendimento dos restaurantes para que pudessem manter os turistas nos estabelecimentos, evitando maior fluxo na rua.

“No Capivari, às 21h nós fechamos cerca de 4 mil cadeiras e essas pessoas foram para a rua perambular. Aumentar o horário é garantir que a pessoa vai estar dentro do restaurante, que cumpre o protocolo de saúde e não na rua onde ela é a única responsável”, completou.

RESPOSTA DA PREFEITURA

Após o registro de aglomeração pelo jornalismo da Jambeiro FM, a reportagem, procurou a prefeitura de Campos do Jordão que em nota, disse que “é inadmissível a falta de respeito com que parcela dos turistas agiram na última noite. A responsabilidade é de todos”. Informou também que vai tomar novas medidas para evitar a lotação como a registrada no Capivari:

  • Volta da barreira sanitária no Portal de entrada da cidade
  • Proibição da retirada de bebidas alcoólicas em todo os restaurantes e bares
  • Controle de acesso ao calçadão de Vila Capivari

A administração informou ainda que a força-tarefa montada pela administração “desarticulou ao menos cinco eventos que estavam sendo organizados de forma clandestina e dezenas de estabelecimentos comercias foram fiscalizados e alguns multados por descumprirem as normas do Plano São Paulo”.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Campos do Jordão, a cidade tem 4,8 mil casos confirmados da doença e 122 óbitos.

Deixe seu comentário: