Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 12 98884 5913
No comando: Jambeiro FM a caminho do Sol

Das 00:00 às 04:00

No comando: Alvorada Sertaneja

Das 04:00 às 07:00

No comando: Sertanejo Classe A

Das 07:00 às 10:00

No comando: Café com a Psicóloga

Das 08:30 às 09:00

No comando: Musica e Informação com Alex Silva

Das 09:00 às 10:00

No comando: Revista Semanal

Das 10:00 às 12:00

No comando: Alex Silva com Música e Informação

Das 10:00 às 12:00

No comando: Almoçando com o Rei

Das 12:00 às 13:00

No comando: Tarde Musical Jambeiro FM

Das 13:00 às 16:00

No comando: Programa Sitio do Seu Dito

Das 16:00 às 18:00

No comando: Jambeiro a Noite

Das 21:00 às 00:00

No comando: Jambeiro a Noite

Das 21:00 às 23:00

No comando: JAMBEIRO FM DANCE CLUB

Das 22:00 às 00:00

No comando: O Poder da Fé

Das 23:00 às 00:00

Menu

Itapemirim diz que vai lutar para operar sistema de ônibus em São José.

Jean Carlos Pejo, porta-voz da Itapemirim e diretor do conselho de administração da empresa afirmou em uma entrevista dada a uma emissora de rádio da cidade, que ainda não ‘jogou a toalha’ e que vai ‘fazer todo o possível’ para operar o sistema de ônibus no município.

De acordo com a prefeitura, a empresa não cumpriu etapa fundamental do edital, a de apresentar contrato de compra da nova frota de ônibus para São José.

Na semana passada, o grupo encaminhou documentação de intenção de compra de 500 ônibus elétricos de um fabricante na China, por meio de um representante no Brasil.

A prefeitura não aceitou a documentação e notificou a empresa da continuidade do processo de rescisão. A companhia tem até a próxima quinta-feira (27) para apresentar a defesa.

A Itapemirim “vai fazer de tudo o que for possível dentro do ambiente administrativo” para manter o contrato com São José, e descartou medidas judiciais.

“Não creio que haja razões para medidas no ambiente judicial”, “Se for resolvido no administrativo da melhor maneira, esperamos que população tenha ônibus elétricos e com ar-condicionado e todas as outras condições funcionando pela Itapemirim”.

Pejo afirmou que o processo com a prefeitura vem sendo “limpo e correto” e com “todas as oportunidades de defesa que a lei permite” para a Itapemirim, o que invalidaria alguma ação judicial caso o contrato seja rescindido por parte da prefeitura.

Deixe seu comentário: